Loading...
Tratamentos 2017-06-05T10:35:22+00:00

O Que Fazemos?

Recuperação. Excelência. Dedicação.
Estes são os pilares da nossa clínica.

Nosso Ambiente

Em um ambiente confortável e acolhedor, nossos pacientes são tratados, individualmente, com técnicas e abordagens personalizadas e humanizadas, por uma equipe multidisciplinar e qualificada.

Nosso Objetivo

 

Na Clínica Gisela Zancanari nós trabalhamos por um objetivo em comum: melhorar a qualidade de vida do paciente.

O QUE PODEMOS FAZER POR VOCÊ?

OUTROS TRATAMENTOS

Fisioterapia Pélvica

Também conhecida como fisioterapia uroginecológica, é uma especialidade que atua na prevenção e tratamento não cirúrgico das diferentes disfunções da região pélvica, mais especificamente relacionadas à musculatura que envolve o assoalho pélvico, também conhecido como períneo. O conjunto destas estruturas é responsável pelas funções urinárias, fecal e sexual humana, além de parte da função obstétrica.

Das disfunções nesta região temos em especial as da estática pélvica, como os prolapsos genitais, as disfunções anorretais, urinárias femininas, masculinas e infantis, algias pélvicas, além das sexuais em ambos os gêneros.

Por se tratar de uma estrutura complexa, formada por músculos, ligamentos e fáscias, problemas no assoalho pélvico podem acarretar diversas patologias. O tratamento fisioterapêutico é baseado em técnicas e recursos específicos que ajudam no controle da bexiga e da musculatura do assoalho pélvico, proporcionando qualidade de vida e melhora da autoestima.

Indicações:

⦁ Incontinência urinária de urgência ou de esforço (perda de urina quando tosse, espirra, pula ou ri).
⦁ Hiperatividade vesical: vontade constante de ir ao banheiro.
⦁ Incontinência urinária após prostatectomia radical (retirada da próstata).
⦁ Incontinência fecal e de flatos (perda de fezes e gases).
⦁ Constipação intestinal ou prisão de ventre (dificuldade em defecar).
⦁ Disfunções sexuais masculina e feminina.
⦁ Enurese noturna.
⦁ Dor Pélvica crônica.
⦁ Mulheres com prolapso.

RPG (Reeducação Postural Global)

Método terapêutico exclusivamente manual, que consiste em exercícios práticos com o objetivo de evitar e aliviar diversos tipos de dores musculares, corrigir a postura, resolver problemas crônicos de coluna, e tonificar os músculos.

O grande diferencial do RPG é que ele revaloriza a função estática dos músculos que podem encurtar-se ou perder a flexibilidade, freando os movimentos e deformando o corpo. Desta forma, um dos princípios do método é identificar e alongar os músculos responsáveis pela alteração postural.

Indicações:

⦁ Problemas morfológicos e posturais.
⦁ Patologias reumáticas.
⦁ Lesões nas articulações.
⦁ Sequelas neurológicas.
⦁ Doenças respiratórias.
⦁ Escoliose (desvio da coluna vertebral).
⦁ Dor ciática.
⦁ Dor lombar.
⦁ Hérnia de disco.
⦁ Artrite, bursite e artrose.
⦁ Tendinite.
⦁ Distúrbios circulatórios.

Liberação Miofascial

Terapia manual que usa a manipulação da miofascial. A fascia é um tecido que envolve e separa as estruturas do corpo, como fosse a roupa de um mergulhador. Quando existe uma sobrecarga deste sistema miofascial, as fascias se aderem causando dor e alterações posturais. A Liberação Miofascial trabalha neste complexo tecido conjuntivo para liberar e equilibrar todo o corpo, reduzindo as compensações e aliviando o desconforto e as dores.

O objetivo é restaurar a flexibilidade, aliviar as tensões musculares e fasciais, aumentando a liberdade de movimento das articulações e, consequentemente, promovendo melhora da função corporal. Qualquer pessoa que apresenta algum tipo de tensão miofascial ou dores na região lombar, cervical ou em qualquer outra parte do sistema miofascial, pode se beneficiar da liberação miofascial.

Trata-se de um tratamento eficiente para aliviar a dor e estresse crônico, melhorar o desempenho em atividades profissionais e cotidianas, não havendo restrições importantes para a sua realização. A Liberação Miofascial deve ser aplicada por profissionais qualificados, por ser uma técnica específica com toque altamente sofisticado.

Indicações:

⦁ Alívio de dores crônicas.
⦁ Relaxamento muscular.
⦁ Melhora na capacidade de contração muscular.
⦁ Prevenção de lesões e doenças musculares crônicas.

Terapia Crânio Sacral

Desenvolvida nos Estados Unidos pelo médico John Upledger, na década de 1970, a terapia ajuda a detectar e corrigir desequilíbrios no chamado sistema crânio-sacral, que engloba desde os ossos da cabeça até a porção final da coluna vertebral.

Nesse tipo de tratamento, o fisioterapeuta realiza manobras sutis com toques suaves na região da cabeça e da coluna do paciente, promovendo bem-estar e regulando o funcionamento do sistema nervoso central e autônomo.

A técnica proporciona uma melhora global da saúde e o aumento de resistência a doenças, ajudando no alívio de dores e no tratamento de distúrbios físicos e até psicológicos. Enxaqueca, dores de cabeça, dores de coluna e músculo esqueléticas, dores e estresse em geral regridem significativamente.

É indicado para inúmeros problemas de saúde em qualquer faixa etária, desde a infância até a terceira idade, sendo também uma excelente terapia complementar e auxiliar nos métodos convencionais, facilitando o processo de recuperação do próprio corpo e seus mecanismos naturais de cura.

Indicações:

⦁ Dores agudas e crônicas.
⦁ Enxaqueca.
⦁ Problemas visuais e auditivos.
⦁ Labirintite.
⦁ Zumbido nos ouvidos.
⦁ Problemas de coluna.
⦁ Hérnias de disco e calcificações.
⦁ Problemas menstruais, digestivos e circulatórios.
⦁ Dificuldades de aprendizado.
⦁ Autismo.
⦁ Síndrome de ATM.
⦁ Estresse.
⦁ Depressão.
⦁ Cansaço crônico.
⦁ Ansiedade e insônia.
⦁ Fadiga crônica.
⦁ Restauração da flexibilidade e alívio de disfunções do Sistema Nervoso Central.
⦁ Relaxamento do tecido conjuntivo.
⦁ Dores de cabeça e enxaquecas.
⦁ Equilíbrio de disfunções do Sistema Endócrino.
⦁ Síndrome de Articulação Têmporo-Mandibular (ATM).
⦁ Dificuldades emocionais e de aprendizagem.
⦁ Traumas físicos e emocionais.

Eletrotermoterapia

Uso de correntes elétricas dentro da terapêutica, com aparelhos de intensidade muito baixa. Existe uma variedade de correntes que podem ser aplicadas, cada qual com suas indicações e contraindicações.

Porém, todas com um objetivo comum, produzir algum efeito no tecido a ser tratado, obtido através das reações físicas, fisiológicas e biológicas que a região desenvolve ao ser submetida à terapia.

Indicações:

⦁ Tendinite.
⦁ Mialgia.
⦁ Contraturas e tensões musculares.
⦁ Bloqueio articular.
⦁ Cicatriz cirúrgica.

Baropodometria

Moderno exame que estuda a pisada e, por consequência, a postura, identificando as alterações biomecânicas nos pés, através da análise da distribuição de pressão plantar e do deslocamento do centro de gravidade.

Esse processo contempla a mensuração e análise das pressões estáticas e dinâmicas exercidas pelos pés que são captadas por uma plataforma tecnológica, com uma câmera e software próprio.

Indicações:

⦁ Pés planos e cavos.
⦁ Dor na Planta dos pés.
⦁ Escolioses.
⦁ Espondilolistese.
⦁ Dores lombares, torácicas e cervicais.
⦁ Joanetes e Esporão calcâneo.
⦁ Metatarsalgia.
⦁ Neuroma de Morton.
⦁ Periostite.
⦁ Tendinite patelar.
⦁ Pata de ganso.
⦁ Tendão do calcâneo.
⦁ Diferença no comprimento dos membros.

Palmilhas Proprioceptivas

Confeccionadas a partir de resultados da Baropodometria e avaliação dos pés e da postura corporal. Proporcionam o alinhamento da pisada e da postura, pois distribuem adequadamente as cargas e pressões exercidas nos pés, melhorando o equilíbrio muscular e articular prevenindo, assim, alterações nos membros inferiores e na coluna, com resultando em alívio das dores nestas regiões.

Indicações:

⦁ Pés planos e cavos.
⦁ Dor na Planta dos pés.
⦁ Escoliose.
⦁ Espondilolistese.
⦁ Dores lombares, torácicas e cervicais.
⦁ Joanetes e Esporão calcâneo.
⦁ Metatarsalgia.
⦁ Neuroma de Morton.
⦁ Periostite.
⦁ Tendinite patelar.
⦁ Pata de ganso.
⦁ Tendão do calcâneo.
⦁ Diferença no comprimento dos membros.

Fisioterapia Estética Facial e Corporal

A especialidade tem uma ampla indicação para melhoria de todos os aspectos da pele, estudando suas características e tratando alterações causadas por distúrbios endócrino-metabólicos, vasculares ou de cicatrização. Pessoas que apresentam flacidez na pele, cicatrizes, edemas, manchas ou até mesmo celulite podem ser beneficiados com a terapia, através dos cuidados de uma fisioterapeuta dermatofuncional, que irá contribuir para amenizar a aparência dessas alterações na pele.

As principais técnicas são a massoterapia, endermologia, drenagem linfática e eletroterapia e, em cada tratamento, são aplicadas de forma precisa e individualizada, proporcionando assim resultados efetivos. Alguns aparelhos também são usados para intensificar a eficácia do resultado, como o ultrassom ou a corrente russa. Assim é possível oxigenar a musculatura, eliminar células mortas, hidratando a pele e ativando a produção de colágeno e elastina.

Pacientes que passaram por um procedimento cirúrgico podem recorrer a estas técnicas para acelerar o processo pós-operatório, reduzindo as chances de complicações e cicatrizes. A obesidade, edemas causados pela gestação, alterações de cicatrização como aderência e queloide, estrias, envelhecimento cutâneo e queimaduras, são outros casos que podem ser cuidados com essa terapia.

Indicações:

⦁ Flacidez na pele.
⦁ Cicatrizes.
⦁ Edemas.
⦁ Celulite.
⦁ Manchas na pele.
⦁ Pós-operatórios.
⦁ Obesidade.
⦁ Estrias.
⦁ Queimaduras.
⦁ Envelhecimento cutâneo.

“Hábitos incorretos são responsáveis pela maioria de nossas doenças,
se não por todas elas.”

Joseph Pilates